Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mais Mulheres Por Favor

21
Jun18

[LIVROS] | Varanda de Inverno

66D0B61F-D9B4-46EC-B9D8-5C0D7140F6B0.JPG

 

Sou frequentemente tentada com novas publicações de livros poesia, especialmente pelos da Assírio & Alvim. Os títulos e as capas prendem-se à minha mente e todo o santo dia penso neles, namoro-os nas livrarias ou nos sites onde os posso comprar, cada foto ou artigo a publicitá-lo faz-me suspirar por ainda não estarem na minha posse. Ando nisto, dias, semanas, às vezes (muito poucas), meses, mas lá acabo por comprá-los e, inevitavelmente, lê-los em menos de um dia. Bem tento poupá-los, mas não consigo. É como se só pudesse comer um quadrado de chocolate ou uma pipoca. Não dá. O livro que escolhi para o projecto #lerpoesia de Maio foi um desses casos, amor à primeira vista e para lá do último poema.

 

Marta Chaves é psicóloga clínica e psicoterapeuta e já publicou diversos poemas e livros de poesia desde 2008, sendo Varanda de Inverno o primeiro publicado na Assírio & Alvim. Desconhecia por completo a sua poesia, mas identifiquei-me de tal forma com este título e com alguns poemas que vi publicados que não lhe consegui resistir por muito tempo. O meu sexto sentido poético não me falhou, devorei-o em poucas horas. Tenho um amor especial pelos poemas que gostaria de ter escrito, com que me identifico, que me fazem sorrir ou que me marejam os olhos, Varanda de Inverno tem isso tudo, pelo que será um livro para ir lendo ao longo da vida.

 

Muitos poemas marcados, livro com lugar especial no coração, espera paciente pela aquisição das obras antigas e pelas que hão-de vir: é disto que é feita a poesia.

 

Proporção Áurea

 

Chego ao campo e encontro

a transparência que me arrebata.

A paisagem sonora nada interrompe,

propaga-se pelo ar e regressa em eco.

 

O dia finda na debandada dos pássaros.

Durante a noite o fogo alimenta-me.

O vinho e a madeira dilatam,

indiferentes à estação.

 

Deitada na cama não me falta o ar.

Do céu vê-se a casa,

na casa o quarto,

dentro dele, eu.

 

4 comentários

Comentar post